O que publicam alguns dos principais Órgãos Reguladores do Brasil?

Monitoramento Redes Sociais

1821 visualizações

O que publicam alguns dos principais Órgãos Reguladores do Brasil?

Entre os dias 1º de setembro e 31 de outubro monitoramos sete órgãos reguladores com presença no Facebook, YouTube, Twitter e Instagram: Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), Agência Nacional do Cinema (ANCINE), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Instituto Nacional de Metrologia (INMETRO) e Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (PROTESTE).

O monitoramento levou em consideração as publicações dos órgãos reguladores, o que significa que os comentários dos consumidores não foram utilizados para a formulação dos relatórios.

Confira alguns dos resultados!

 

  • “Fumantes” e “cigarro” estão entre os termos mais citados pela ANVISA - e tem um motivo para isso

 

“Saúde” aparece aparece em primeiro lugar entre os termos mais citados pela ANVISA em suas redes sociais. O dado leva em consideração as publicações dos perfis do órgão nas redes sociais apenas, e não os comentários dos internautas.

Destacamos aqui os termos “Fumante” e “Cigarro”, respectivamente com 14 e 13 menções cada um. Nos últimos meses está em debate no Supremo Tribunal Federal a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 4874, que questiona a legitimidade da proibição feita pela ANVISA em relação aos aditivos que são colocados no cigarro, o que disfarça o sabor do tabaco e facilita o vício à droga lícita. Saiba mais aqui. A situação suscitou publicações nas redes sociais sobre o assunto e por isso esses termos aparecem entre os mais citados pelo órgão.

 

  • Horário do almoço tem maior frequência de publicações

Dentre os órgãos reguladores selecionados, a maioria tem o período entre 11h e 14h como o horário nobre das publicações, ou seja, quando são feitas mais publicações. Fora isso, os posts feitos apenas pelos órgãos em suas redes sociais oscilam durante o horário comercial, das 9h às 18h. Isso significa que as páginas se preocupam em fazer as publicações nos horários que mais interessam às empresas.

 

  • PROTESTE e ANVISA são os órgãos mais ativos

Durante o período monitorado, o PROTESTE fez um total de 327 publicações, seguido pela ANVISA, com 246 posts. Em último lugar aparece a ANATEL, com 64 publicações. Lembrando que esses números consideram apenas as publicações dos perfis dos órgãos regulamentadores nas redes sociais.

 

  • Outubro teve mais do que o dobro de publicações em relação a setembro

Juntos, os 7 órgãos reguladores fizeram 416 publicações nas redes sociais em setembro (considerando Twitter, Facebook, Instagram e YouTube). Já em outubro, o número saltou para 853 publicações.

Em setembro e outubro a rede que gerou mais buzz foi o Twitter, com 181 tweets no primeiro mês e 535 tweets no segundo. Foi também a rede social que mais cresceu em número de publicações.

 

Monitorando os Órgãos Reguladores

Monitorando as publicações desses Órgãos, rapidamente você ficará a par do que está acontecendo. Assim poderá preparar uma equipe para lidar com possíveis crises que possam acontecer a partir das publicações.

 

Como criar Triggers de alertas para sua marca com o Buzzmonitor ​

Com o Buzzmonitor é possível cadastrar palavras-chave e quando elas forem mencionadas você irá automaticamente receber um e-mail-alerta. Por exemplo: sempre que que um consumidor mencionar “ANVISA” ou o nome de sua marca, ou quando uma página da ANVISA mencionar sua marca, você receberá um e-mail informando que sua equipe deve agir com rapidez.

Esse mesmo dispositivo é capaz, ainda, de alterar automaticamente o sentimento do post para negativo e classificá-lo como "reclamação". Esse dispositivo é muito importante durante a gestão de uma crise, momento em que comentários com reclamações precisam ser respondidos com mais urgência.

 

  • Vá até a engrenagem no canto superior direito da página e selecione a opção Triggers. Em New Trigger você criará um novo alerta.

 

  • Em General, nomeie seu Trigger.

 

  • Em Sources, selecione as páginas onde os alertas serão aplicados e em quais redes (Facebook, Twitter e Instagram).

 

  • Em Filters, defina os termos booleanos com as palavras que ativarão o Trigger. Você pode também clicar nas abas Facebook, Twitter e Instagram para obter filtros específicos para cada rede.

 

  • Na última etapa, Actions, você escolhe o e-mail para onde serão enviados os alertas, além de definir as tags que serão aplicadas automaticamente.

 

Pronto! Agora sempre que a palavra que você selecionou no Trigger for mencionada na página que você está monitorando, automaticamente você receberá um e-mail com um alerta.

 

Quais Órgãos eu posso monitorar?

  • Agência Nacional de Águas (ANA)
  • Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC)
  • Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL)
  • Agência Nacional do Cinema (ANCINE)
  • Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)
  • Agência Nacional de Petróleo (ANP)
  • Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)
  • Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ)
  • Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)
  • Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)
  • Banco Central do Brasil (BACEN)
  • IBAMA
  • Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)
  • Instituto Nacional de Metrologia (INMETRO)
  • PROCONs de todo o Brasil - confira o estudo que fizemos sobre os PROCONs!
  • Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (PROTESTE)

 

A licença paga do Buzzmonitor coleta 100% do que as páginas publicaram e todas as menções feitas marcando os Órgãos Reguladores. Assim é feito um acompanhamento rápido e gestão eficaz de cenários de crise para que eles sejam prontamente solucionados e os clientes rapidamente atendidos.  

 

Entre em contato com nosso time agora mesmo para começar a monitorar as páginas dos Órgãos Reguladores

USE GRÁTIS O BUZZMONITOR

Comentários

Deixe um comentário