45% de todas as notícias sobre presidenciáveis no Facebook citam Jair Bolsonaro

Social News

366 visualizações

45% de todas as notícias sobre presidenciáveis no Facebook citam Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro (PSL), dentre todos os presidenciáveis de Direita, é o mais citado pelos veículos de comunicação no Facebook e responsável por 45% do buzz de publicações envolvendo candidatos à Presidência da República, seguido por Fernando Haddad (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB).

O monitoramento engloba o período de 1º de agosto a 30 de setembro, monitoramos por meio do módulo Social News do Buzzmonitor, um compilado de mais de 1.000 fontes de noticiosos brasileiros no Facebook.

Na amostra de veículos estão desde os mais “tradicionais”, como Estado de S. Paulo e UOL, até os considerados “alternativos”, como “O Antagonista” e “Brasil 247”. Todas as publicações relacionadas aos 13 presidenciáveis foram coletadas e monitoradas para a análise.

Veja o que descobrimos.

 

Dentre os candidatos de Direita, Jair Bolsonaro (PSL) é o mais citado, presente em 45% das publicações sobre presidenciáveis

O nosso universo de análise agrega publicações que mencionam pelo menos um dos candidatos no período monitorado. Das 47.031 coletadas desde o dia 1º de agosto até 30 de setembro, Bolsonaro (PSL) está presente em 45% delas.

Fernando Haddad (PT) aparece em segundo lugar, citado em 18% das notícias, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), com 11% de menções

 

Não foram analisados o teor das notícias - se positivas ou negativas - para cada candidato. Porém, os dados demonstram que a mídia dá mais espaço ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). É o famoso ditado: “Falem mal, mas falem de mim”.

Até mesmo veículos “mais à esquerda”, como o “Diário do Centro do Mundo”, deram mais destaque ao candidato do PSL: 43% das publicações do “Diário do Centro do Mundo” mencionam Bolsonaro (PSL), um volume alto considerando que o restante das notícias se distribui entre os outros 12 presidenciáveis. Já 47% das publicações do “Estadão” são sobre o presidenciável, assim como 49% dos posts do UOL.

Em relação à mídia “alternativa”, como “O Antagonista”, 41% das publicações são sobre o candidato, enquanto 88% do volume do “MCC - Movimento Contra Corrupção” é voltado para o presidenciável.

 

Candidatos de Direita tiveram maior espaço nas notícias do Facebook

46% publicações do “Diário do Centro do Mundo” e 42% dos posts de “O Antagonista” foram sobre candidatos da Direita. O restante do buzz é voltado para candidatos de Esquerda, Centro-Esquerda, Centro e Centro-Direta.

Para analisar a ideologia dos candidatos, elaboramos uma tabela que indica o posicionamento político de cada presidenciável, segundo a Wikipedia. A cor laranja representa Esquerda, a cor marrom Centro-Esquerda, a cor amarela Centro, a cor rosa Centro-Direita e a cor roxa Direita. Veja:

Fonte: Wikipédia

 

No gráfico, todos os candidatos foram marcados seguindo o padrão de cores mostrado acima, assim fica mais claro entender quais veículos citam mais candidatos com determinado posicionamento.

Os principais veículos publicam um pouco sobre cada um dos presidenciáveis, mas todos, de forma geral, fazem publicações majoritariamente sobre candidatos da direita (cor roxa).

 

Mídia “alternativa” ganha espaço diante veículos “tradicionais”

Dentre os veículos que mais publicam sobre política, veículos considerados “alternativos” mostram força e marcam presença no Facebook, como “O Antagonista”, responsável por 18% das publicações no período.

“Diário do Centro do Mundo” aparece em segundo lugar, um veículo mais “tradicional”, mas também com 18%, seguido por “Brasil 247”, também um veículo visto como “alternativo”, responsável por 14% das publicações dentre os 10 principais veículos.

Este relatório mostra o impacto de veículos fora da grande mídia e como eles influenciam opiniões por meio da cobertura política que fazem. Marcas devem estar atentas à essa mudança para identificar a força de tais meios de comunicação.     

OBS: as porcentagens neste gráfico são referentes apenas aos dados que estão visíveis no mesmo e não representam a porcentagem relativa ao universo total.

 

Brasileiro usa o Facebook para se manter informado

O consumo de notícias nas redes sociais nunca foi tão alto. A timeline é o principal meio de acesso dos brasileiros conectados à informação jornalística (43%), ganhando até dos telejornais (36%).

E a maior parte deste consumo acontece pelo celular (76%), que ocupou o lugar físico do jornal impresso na mão dos leitores (E.life, 2016). Nos EUA, cenário similar: 45% dos americanos declararam que consomem notícias pelo Facebook. (Pew Research, 2016).

O Buzzmonitor Social News é um serviço plug-and-play rápido que permite que agências e clientes finais monitorem posts, comentários, replies, leitores mais ativos dos principais veículos de comunicação brasileiros e muito mais.

Sua marca também pode acompanhar temas de interesse nas notícias, comentários e replies dos consumidores!

 

Fale com nossos consultores e comece um monitoramento de Social News hoje mesmo

 

Fonte imagem capa: UOL Notícias

USE GRÁTIS O BUZZMONITOR

Comentários

Deixe um comentário